Tem dúvidas? Fale Conosco!
Preencha seus dados abaixo que
entraremos em contato com você.



O diamante-CVD é sintético, mas possui as mesmas propriedades físicas e químicas do diamante natural: dureza extrema, excelente condutividade térmica, coeficiente de atrito muito baixo (equivalente ao teflon), é biologicamente compatível, quimicamente inerte para temperaturas inferiores a 800ºC, entre outras. O processo de síntese deste material, na Empresa, foi inicialmente desenvolvido pelo Grupo DIMARE do INPE, e a tecnologia transferida para a empresa por meio de parceria. A técnica de produção do diamante CVD é a deposição química a partir da fase vapor assistida por filamentos quentes, também conhecida por HFCVD (do inglês hot-filament Chemical Vapour Deposition). Os primeiros produtos lançados pela CVDVale foram as pontas CVDentus® para Odontologia Ultrassônica, um marco nesta área.

Aplicações do Diamante CVD:

• Pontas de diamante CVD para odontologia ultrassônica (CVDentus®).
• Pinos de diamante CVD para fabricação de Brocas de perfuração de poços de petróleo (parceria com outras empresas).
• Pinos de diamante CVD para fabricação de brocas anelares para mineração e prospecção de poços artesianos (parceria com outras empresas).
• Pontas e placas para fabricação de ferramentas de usinagem de materiais não ferrosos e retificadores de rebolos.
• Fieiras e tubos injetores.
• Ferramentas especiais para corte e usinagem.

 

 

 

Formas de pagamento:    
Todos os direitos reservados - CVDentus © 2016